Sobre.

Aprender. Ensinar. Aprender. 

Ensinar. Aprender. Ensinar. 

Esse é o ciclo. 

Pequena biografia. 

Sou jornalista, formada pela ECA/USP. Defendi Mestrado na FEA/USP, em 2000 - sobre comunicação empresarial. Mas foi escrevendo sobre o MORAR que encontrei meu eixo. Por 24 anos, tive o crachá da Editora Abril - fui repórter das revistas CASA CLAUDIA e ARQUITETURA & CONSTRUÇÃO. Como editora da mesma publicação, vi florescer o mundo digital. Em 2000, cobri a feira CERSAIE, em Bolonha, com um laptop que pesava 10 quilos e uma máquina fotográfica com memória para apenas oito fotos. Eu sabia que essas eram limitações transitórias e acreditei, desde sempre, no potencial do mundo em telas. Assim, em 2005, era editora de conteúdo no time que montou o site CASA.COM.BR - o portal rapidamente foi líder em língua portuguesa no segmento. 

Em 2015 criei a TV CASA, um programa diário, ao vivo. No mesmo ano, ele foi absorvido pela CASACOR, mostra de decoração, e se transformou no TV CASACOR ao VIVO. Entrevistas com profissionais em seus ambientes era o principal foco desse programa de inspiração. Em cinco anos foram mais de 3000 vídeos, que incluem coberturas de feiras e eventos internacionais. Estive seis vezes no Salão do Móvel de Milão, além da Maison & Objet, em Paris, e da Bienal de Arquitetura de Kortrijk (Bélgica). Ingo Maurer, Alessandro Mendini, Sou Fujimoto, Oki Sato, Philippe Starck, Patrízia Urquiola, Rossana Orlandi, Nika Zupanc, Maarten Bass, Marcel Wanders, Nelly Rodi, Li Edelkort, Vincent Grégoire, Edward Van Vliet, Xavier Lust, Laura Bethan Wood, Laura Baldessari e Maarten de Ceulaer são alguns dos nomes internacionais que entrevistei em vídeo. Tantas aventuras foram possíveis porque tive a sorte de conviver com grandes colegas de profissão, como Elda Muller, Roberto Dimbério, Lívia Pedreira e Pedro Ariel. 

Apaixonada por idiomas (e viciada em "fazer faculdade"), depois do Mestrado, fiz a segunda graduação em Língua e Literatura Francesa, pela USP. E...agora...após novo vestibular, estou na terceira: Língua e Literatura Chinesa, na mesma instituição. Falo e escrevo em italiano, francês e inglês, com fluência. Estudei ainda espanhol e alemão (embora com a língua dos tedescos não vá além de substantivos sem declinação e poucos verbos).

Escrevo contos. E já ganhei alguns concursos - quando ainda existiam concursos de literatura. 

Desde 2015, faço fotos performáticas em banheiros. O @projetovidaprivada é um estudo sobre as simbologias da privacidade e os conceitos do ser individual. É também uma forma de auto-expressão irônica e sensual da minha mente inquieta e que insiste em se divertir o tempo todo. Saiba mais sobre o Projeto Vida Privada